apenas eu.

Minha foto
"Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm." (1 Coríntios 10:23a)

transeuntes.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Ociosidade em dose dupla.












Pior do que um adulto ocioso é um adulto e uma criança ociosos.
Ociosidade e falta de grana não combinam.
Ser mãe não é padecer no paraíso e nem muito menos um fado tropical, é se sentir culpada a todo momento, é ter que ter vontade sempre, é ter que fazer coisas que não quer a hora que não se quer, é ter de ter uma mega criatividade, inventar e reiventar a todo momento, é sempre manter o controle mesmo que não o tenha, é ter uma paciência de Jó, é ter que proteger sempre mesmo quando o que mais se quer é ser protegida e, é ter que amar incondicionalmente: faça chuva ou faça sol (casamento de espanhol), estando de TPM ou não.
Eu estou a um passo de ter uma sincope. Nossas vidas tem que voltar ao seu curso normal rapidamente senão juro que eu piro!

5 comentários:

Sarah' disse...

Ser mãe deve ser realmente complicado.
mas eu acho que deve ser uma experiência maravilhosa em momentos bons também,
e nos ruins se faça a fé e o aprendizado!

Camilla para os menos íntimos... disse...

mesmo com todas as alegrias, mudanças e conquistas que a pequena trouxe e me ajudou a realizar e conquistar, o lado ruim é sempre o lado ruim... ser mãe muito cedo é um desses lados ruins...

eu não estou aguentando mais, estou pelo sangue do cordeiro... tô de saco bem cheio, irritada, nervosa, preciso de um pouquinho só de paz... estou fora de controle...

é por essas e por outras que me considero uma pseudo-mãe, sinto até inveja de outras mães e acredito não ser e nem estar preparada para sê-lo...

é incontestável o amor bem como é incontestável o cansaço, a culpa e a falta de auto-controle...

não me imagino "sem", mas as vezes "com" dá vontade de ficar "sem"... entendeu?

Abiodun Dark disse...

É, é duro ter um destino e uma vida nas mãos.

Gil Rosza disse...

pois é menina... parece que as dores presentes quase sempre alimentam a sabedoria futura. =)
nao tem jeito... pra ser experiente tem que experimentar. rs. bjkx

Thaissa Costa disse...

Se conseguir fugir para Pasárgada te chamo!