apenas eu.

Minha foto
"Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm." (1 Coríntios 10:23a)

transeuntes.

segunda-feira, 8 de março de 2010

08 de Março - Pela emancipação das mulheres.

O dia é da mulher e a luta é constante, nunca deixou de ser desde que a primeira mulher trabalhadora há mais de um século atrás levantou a bandeira da luta pela primeira vez. Muitas mulheres pretas e brancas estiveram nessa luta, muitas foram mortas, lutando para defender e garatir os direitos que hoje existem, e ainda hoje temos mulheres lutando para que esses direitos sejam efetivados. O dia é de luta, de reinvindicação, de colocar a boca no mundo, existem sim motivos para comemorações mas existem muito mais motivos para a sensibilização das pessoas a cerca das necessidades biopsicosociais das mulheres.

É preciso que haja uma desconstrução dentro do círculo vicioso que é a sociedade, descontruir algo que é histórico dentro da história da mulher, desde o seu modo de criação, continuação e reprodução enquanto sexo feminino até o enfrentamento de tantas violências sofridas diariamente por nós sejam elas camufladas, mascaradas ou não. Desconstrução do machismo ao qual estamos impregnados. Construção de um olhar mais aguçado para a causa da mulher, construção de uma visão crítica e de mundo.

Antes de sermos homens ou mulheres, somos humanos, construídos socialmente, portanto ser homem ou ser mulher é uma construção e não apenas um fato dado ou mesmo uma condição. Buscamos a reconstrução de novos paradigmas quando falamos na emancipação da mulher dentro de uma sociedade extremamente machista, preconceituosa e capitalista. A questão de Gênero é ponto crucial para que possamos trabalhar essa emancipação.

Pela emancipação das mulheres!
Pela emancipação da mulher preta!
Pela emancipação feminina!

2 comentários:

Anônimo disse...

pela emancipação da mulher preta!

yeah!

JaNa disse...

É difícil pensar em emancipar a mulher uma vez que somos criadas para nos odiar. Mulheres se odeiam!! Fato!!

União é a palavra! Nos unindo podemos dar o primeiro passo para trabalhar a conscientização de nossos irmãos.