apenas eu.

Minha foto
"Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm." (1 Coríntios 10:23a)

transeuntes.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Não me negue, eu não me nego.

Em resposta, isso é pra que ninguém diga que eu esqueci quem sou, de onde vim e qual é a cor da minha pele simplismente porque estou me relacionando com uma pessoa branca. Não vou entrar no sistema do embranquecimento por conta disso, minha ideologia e minha crença não mudam, não haverá linchamento étnico nem ideologia de dominação, o que meus antepassados passaram não muda, tudo é fato histórico inegável e provado, crime irrevogável. Não sou morena nem mulata, sou NEGRA, neguinha da boca grande, dente separado por herança genética, nariz chato, cabelo duro, risada alta e nada disso vai mudar, não me negue, eu não me nego, não nego minha cor, minha religião, minha ancestralidade e nem os meus irmãos. Cada dia é uma batalha diferente, minha arma: conhecimento. Faço valer o que me foi passado, o meu passado, colocando pra fora e explicitando toda dor e tudo que nos foi negado, ocultado, e repito "peça desculpas!" por isso.



11 comentários:

Menina Marina disse...

Boa, preta!! Beijos pra vc!

Durcy Silva disse...

aiiiiiiiiiiii simm negaaa!

Janna disse...

Tô contigo, cê sabe ;)

GIL ROSZA disse...

Gostei do grito indignado! Grito de Dandara! Sempre te falei que prefiro o grito furioso do quilombo em guerra, que o fraco gemido colonizado aceitando passivamente a condição imposta de pobre coitado.

Binho disse...

Por isto que vc é maravilhosa... sensual e natural...

Camilla Aloyá disse...

uiiiiiiiiiii! kkkkk...

Bandidos Do Cine Xangai disse...

mas que texto lindo!

Jubileu disse...

ISSÚ MEMO!!!E VC NAO CITOU Q ÉS LINDA E MUITO BELA!!!

Didi. disse...

Quando leios alguns de seus textos me passa a impressão de você dançando de alma nua, inteira.

juliana Ferraz disse...

muito bom já havia visto, fui assistir o espetaculo deles estes dias e ficamos assuntadas de como parece com a proposta de pretas em cena.
ju

Camilla Aloyá disse...

É nóis negrada, valeu Jana eu tô ligada sim... Sempre ouvira de mim gritos de Dandara Gil... imagine que danço com a alma indignada Didi...