apenas eu.

Minha foto
"Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm." (1 Coríntios 10:23a)

transeuntes.

sábado, 10 de abril de 2010

Do caos à barbárie.

Se o céu ficar assim, se esconda por que lá vem água. Na verdade estamos encontrando grande dificuldade até em nos esconder. A cidade da gároa virou terra do dilúvio.
Assim como a mídia usou a Dengue para abafar a Gripe Suína que continua bombando, usaram a tragédia no Haiti para esconder as nossas tragédias mas agora não há mais como esconder, o nosso Haiti brasileiro está transbordando literalmente. Do caos à barbárie. Sol-calor-pancadadechuva. Raios-relâmpagos-trovões. Estado de alerta no ABC-SãoPaulo-Brasil. O aquecimento dos oceanos o dito fenômeno natural El Ninõ está a toda. A Ninã foi e ele ficou. A altura das nuvens na segunda-feira foi de 12 km, esse acúmulo de nuvens retendo água tem o nome de Cumulus Nimbus determinante para as tempestades e chuvas torrenciais.
Totaliza hoje 43 dias que chove todos os dias em São Paulo, choveu mais que o dobro do previsto. Soma-se 72 óbitos causados pelas enchentes e enxurradas. Estado de calamidade pública, ruas e avenidas inundadas, com correntezas idênticas a rios. Dezenas de pontos de alagamento. Pessoas ilhadas nas grandes e pequenas metrópoles, trânsito caótico, transporte público parado. Desmoronamento de casas, derramamento de terra, estradas sendo tragadas por cráteras abertas no solo. Famílas perdendo tudo: casas, mobílias, bens, vidas e subjetividade.
O que é preciso fazer para sanar todas as essas catástrofes?
Uma Política Pública de Prevenção ao Combate as Enchentes pelo poder público? Política Pública Habitacional para conter a ocupação desordenada em áreas de risco físico? Senso de Cidadania e Educação Ambiental por parte da sociedade civil? Ou tudo isso juntoemisturado?
O poder público tem de erguer as mãos para o céu e gritar "gracias" que o risco de terremoto ocasionados pela aproximação de placas tectônicas, no Brasil, não existe!

PS: escrevi esse texto em 04/02/2010, num momento em que São Paulo estava sendo mais afetado ou em maior proporção que os outros estados do Brasil pelas chuvas, no entanto, neste momento os maiores afetados são nossos irmãos nos morros do Rio de Janeiro. Galera! O Haiti é aqui! Indignação perante a morte dos nossos irmãos.


"Da lama ao caos
Do caos à lama"
(Chico Sciense)

Foto: "roubada" do orkut da Marina N. B.

4 comentários:

Gil Rosza disse...

surreal. o rio tbm é surreal. calor de 40 graus em porto alegre; surreal. rsrsrs... surrealismo geográfico total. =)

quiz brisas. disse...

é o fim do mundo!?

Abiodun Akinwole disse...

tem que ver é aqui, não tem morte pq as pessoas driblam a água mesmo.


abração!

Camilla para os menos íntimos... disse...

se não for o fim, está quase! rs!