apenas eu.

Minha foto
"Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm." (1 Coríntios 10:23a)

transeuntes.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Ganhei uma flor.


Foi semana passada, ganhei um vaso de cacto do meu companheiro de trabalho, Ailton. Ele realiza oficinas de fotografia no projeto com os adolescentes.

Um cara maluco (no melhor sentido), que me conquistou pela simpátia, pelo abraço apertado e pela fala mansa de português preciso. Deve estar nessa vida há uns 50 e poucos anos, tem muita história boa pra contar, tira belíssimas fotos, manja tudo de massas, vinhos e plantas, faz artesanato diversos, já foi hippie (é um cara mil e uma utilidades) e o melhor de tudo, está sempre num astral magnífico.

O presente na verdade é um tipo de cacto diferente daqueles que estamos acostumados a ver - achei lindo! -, ele me disse o nome e me explicou tudo direitinho mas eu já não lembro mais de nada (displicente que sou), apenas guardei que tenho de colocar água uma vez na semana, porque ele retêm água nas folhas carnudas e deixar em local com bastante iluminação.

A foto quem tirou foi eu, por isso ficou péssima mas não poderia deixar de agradecer pelo presente mesmo que atrasado e poder compartilhar as pequenas delicadezas, dizendo que ainda existem pessoas agradáveis e gentis no mundo.

Valeu querido Ailton!!!!

4 comentários:

Mila disse...

Que fofo Camila, os momentos felizes estão nos pequenos atos...
Bjs
Mila

Didi. disse...

Mais vale um cacto de presente do que o nada voando.
Viva aos que apreciam as pequenas coisas!
^^

Thaissa Costa disse...

amo cactos.

Camilla Aloyá disse...

agora espero por anel que vc até já tirou a medida do meu dedinho e prometeu fazer e me dar...