apenas eu.

Minha foto
"Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm." (1 Coríntios 10:23a)

transeuntes.

terça-feira, 15 de junho de 2010

sentimento de reticência.


Venho fumando muito, o tempo frio e seco ajudou e minha bronquite atacou juntamente com um resfriado sacana que está me derrubando. Fora a dor que senti no fim de semana, maldita prisão de ventre! Bem que minha tia dizia quando eu era mais nova, que quando eu estivesse chegando perto dos 30 anos as doenças apareceriam e eu engordaria tudo que não engordei antes, pois, eu dizia sempre que "posso comer o que for que não engordo" e agora vejo o resultado.

Somado a isso estou com um sentimento de reticência, é mais ou menos como ter uma pausa grande depois de alguma coisa vivida, um pensamento ou uma idéia que ficou por terminar, tipo "e agora?" ou ainda posso ser mais precisa: é um espaço ou uma ausência de espaço (?) para inferências e insinuações, uma forma de expressão que, ao contrário de selar, abre uma janela para a multiplicidade de sentidos e sentimentos.

5 comentários:

Camilla Aloyá disse...

e mais... já sinto sinais da TPM se aproximando.

Anônimo disse...

Minha cara e linda amiga, acredito que somos seres em tamanha transformação...ser gente dói e temos sinais corporais do passo para a nossa experiência....é isso ai!
Bjos
Rui

Didi. disse...

* na verdade não havia colocado, mas já está lá dona moça ^^

Camilla Aloyá disse...

ah me desculpe então Didi... pensei ter visto, mas não se sinta obrigada... rsrss...

Suelen Bastos disse...

Você parece transformar sua vida numa poesia.
chego a imaginar-te andando numa rua onde o chão são paginas de um livro, e as casas, carros e demais objetos são teem forma de letras; e que mesmo na sua mais profunda dor, vou encontrar uma pitada de amor e graça..
parabéns pelo seu blog, amei