apenas eu.

Minha foto
"Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm." (1 Coríntios 10:23a)

transeuntes.

terça-feira, 6 de julho de 2010

tamo aí na atividade, matando um leão por dia.

"Ao contrário dos que torciam pela vitória do fracasso, estamos de volta, apesar dos julgamentos infelizes e hipocritas, estamos de volta..."

Salve a sabedoria da música popular brasileira, salve a todos aqueles que fizeram pensamento positivo, salve aos meus guias, salve a minha capacidade de ingerir e digerir fatos, ações e pessoas.
Posso me considerar novamente a mais nova assalariada do mundo trabalhista, infelizmente não se tem pra onde correr, estamos atrelados a isso, somos reféns do capital.
É o que temos pra agora? fechou! estamos aí a duras penas, muitas vezes entregando nossa vida social ou mesmo o que resta dela para o patronato, estamos aí pra vender nossa força de trabalho. Difícil não é conseguir, difícil é manter com tanta contradição, porém negrada, estou firme no meu objetivo e vou matar um leão por dia se for preciso.
Pra cima e avante, novamente no corre dentro desse sistema caótico, é a barbárie mas o lema é pra cima e avante, escondendo um pouco a revolta na manga, fingindo estar feliz e caminhando com nosso pseudo livre-arbitrio do lado. Nunca se esquecendo que: amigo de cú, como diria o velho filósofo... é rola, nesse mundão véio embarreirado é um querendo comer o outro, nessas horas ganha quem é estratégico.

Sem mais.

5 comentários:

Pâmela Grassi disse...

Vende-se a produção das mãos a troco do enriquecimento do capital,

Camilla, adoro esse mosaico de inquietações que se faz nas palavras, bá dá uma vontade de prosear horas a fio sobre esse mundão

um beijo, querida

GIL ROSZA disse...

é isso ai! depois que senta na mesa, é embaralhar, cortar, dar cartas, apostar, armar a jogada, blefar... e dai é ganhar ou perder.
"igual a tudo na vida"
(woody allen)

Camilla Aloyá disse...

tô sentindo que será uma das maiores experiências da minha vida e estou feliz por isso.

Abiodun Akinwole disse...

é desse jeito mesmo, nega


abração.

JaNa disse...

De volta ao campo de batalha!!
Que bom, nega!!