apenas eu.

Minha foto
"Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm." (1 Coríntios 10:23a)

transeuntes.

domingo, 9 de maio de 2010

Mamãe querida!

Ganhei sim presentes, daqueles que fazia na escola quando era pequena. Maior barato! E esse cartão foi o mais interessante de todos e o mais original. Pira na cabeleira da mamãe! Muito bom! Isso é a sensibilização desde pequena. Sinto um grande orgulho.
Não imaginava que fosse ganhar esses presentes tão cedo, mas enfim, sou mãe e tenho um outro contexto do que é sê-la. Talvez por discordar em muito do exemplo que tive como mãe.
Uma responsabilidade grande, pesada e árdua mas em contrapartida tem seus prazeres e retornos favoráveis. É amor diferente, nada muito explicável. Mas também não me sinto amarrada a esse amor eternamente bem como não espero da minha filha essa recíproca de amor eterno e incondicional. Somos humanos, podemos nos amar, nos respeitar, nos odiar ou todas essas coisas ao mesmo tempo.
No fim nossas vidas tendem a tomar rumos, pensamentos e movimentos diferentes. Meu único medo e minha maior cobrança é se estou fazendo as coisas certas. Temos muito mais dos nossos pais do que podemos imaginar, por isso tenho que me policiar a todo momento para não repetir o que foi dado a mim.

7 comentários:

Mila disse...

Verdade Camila, somos belas mães por dentro e por fora...somos fortalezas enroupadas de fragilidade...
Bjs
Mila

:: Soul Sista :: disse...

Querida Camilla, pelo que você mostra do seu relacionamento com Elisa, você parece estar no caminho certo sim. Agindo com ela com a responsabilidade que lhe é devida, como mãe, mas evitando a culpa, que acaba por amarrar tantas relações entre mães e filhas. Espero que tenha aproveitado todas as alegrias deste dia.
Parabéns!
Bjs

Denise disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk meu aquilo é uma foto original kkkkkkkkkkkkkkkkkkk depois quero ver o meu desenho, beijos só os loucos sabem!

Rodrigo disse...

Oi amor.
Feliz dias das mães.
Tudo de bom pra vc e sua pequena..

Bjs

Simone Ricco disse...

Olá, Camilla,

Retribuindo a visita, passo pelo seu pedaço e degusto sua escrita. Nossas letras se afinam nesse post materno, que as alegrias de nossos dias de mãe sejam parceladas e amortizem as asperezas de ver crescer nossos rebentos.

Gde abraço, dessa que passa a te seguir.

GIL ROSZA disse...

MAMA AFRICA!

Cinara disse...

E ai moça.. Feliz dia das mães pra nós...

Bjs