apenas eu.

Minha foto
"Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm." (1 Coríntios 10:23a)

transeuntes.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

E por falar em samba...

Logo pela manhã a notícia do incêncio na Vila do Samba no Rio de Janeiro, nos barracões das escolas de samba Portela, União da Ilha e Grande Rio, a menos de um mês para o carnaval.
Eu gosto de samba de raiz, sambinha antigo, gingado, malandriado, romântico (meio machista as vezes) e muitos dos compositores e cantores saíram das escolas ou ajudaram em sua fundação, mas pra ser sincera carnaval não me agrada muito, nunca agradou na verdade, nunca foi minha praia (será que é contraditório gostar de samba e não gostar de carnaval?).
Meu lado conservador me deixa boqueaberda com a libertinagem das pessoas, a falta de resposnsabilidade com o próprio corpo, a banalização do sexo, a exposição e venda do corpo da mulher, sem contar as grandes metropóles como ficam depois do feriadão: destruídas pela desleixo e falta de consciência crítica, lixo pra todo lado, praia e litoral então nem se fala.
Não curto esse carnaval midiático, carnaval pra turista ver, carnaval que gosta 8,5 milhões mais ou menos para cada escola de samba, essa máquina de dinheiro, assim como tantas outras instituições brasileiras (e não descarto dessa máquina as instituições religiosas), enquanto pessoas passam fome na esquina do sambodrono, casas caem por conta das chuvas e pessoas virão problema de saúde pública.
Nunca participei de blocos carnavalescos e nem de carnaval em si, me agrada mais o carnaval da época da Chiquinha Gonzaga, marchinhas e bailes de máscaras.
Entretanto senti pena das pessaos vendo seu trabalho queimado, isso é frustrante. O porque de ter acontecido, só a perícia dirá e mesmo assim não saberemos nunca o verdadeiro motivo: religiosos dirão que são efeitos do Divino agindo sobre a festa da carne, adeptos do carnaval e presidentes das escolas dirão que foi um plano proposital de sabotagem ou terão aqueles que dirão que foi acidental. O que você acha que pode ter ocasionado o fato?

3 comentários:

GIL ROSZA disse...

Represália à ocupação deste domingo (6) do complexo de favelas do centro do Rio, na região próxima à cidade do samba?

Camila Mila disse...

Chato isso, muita gente depende do salário, um trabalho do ano todo.
Que judiação né.
Eu tbm não sou chegada no Carnaval, para mim eu ia pro Paraguay(hehe),mas fiquei com pena...muita =(

Camilla Dias disse...

antes que alguém diga algo, a religião contrasta em muito com o carnaval, no entanto, as pessoas são vitimas e não podemos acusá-las...